Trucadão - O Maior Site de Pesados do Brasil

Compra e venda de veículos e máquinas pesadas

Colheitadeira à Venda

No Trucadão você encotra vários modelos, usados e semi-novos, de colheitadeiras das melhores marcas (John Deere, Massey Farguson, New Holland, Case, Valtra e outras), ideias para sua colheita, seja de grãos, cereais, café, algodão ou outras quaisquer, por preços que cabem no orçamento e ainda podem ser financiadas.

Efa921bce7
Agricola Jan

CAMPO MOURAO , PR

Página da revenda
A0e36aa486
33fc21404a
38271b37af
6733ece678
82de7b8983
C01fdb8a93
Milani Máquinas

FRANCISCO BELTRAO, PR

Página da revenda
Img_6e2a3a_20140325_1395719882
053a29518e
E51e83d792
1ee656f4c9
Usados CG

CAMPO GRANDE, MS

Página da revenda
67a9f7733f
B94e2cd965
Da5d6c6fc9
Be540a6ea6
18ed39c4cb
Bb70e664d5
668b498a3f
Agrimaq

Chapadão do Céu, GO

Página da revenda
650a6cde7d
Agricola Jan

CAMPO MOURAO , PR

Página da revenda
Aba66f74a7
Agricola Jan

CAMPO MOURAO , PR

Página da revenda

O uso de colheitadeiras em plantações em grandes áreas de extensão não é apenas opção, mas necessidade. Após todo processo produtivo, o momento da colheita é crucial para o sucesso da produção, pois evitar o desperdício de tempo e produto é indispensável. Das primeiras colheitadeiras, usadas há muitos séculos atrás, movidas a tração animal, encontramos hoje três tipos básicos de tecnologia de colheita: a clássica, a axial e, mais recentemente, as híbridas. No modelo clássico, a massa a ser trilhada tangencia o cilindro da trilha, que é montado transversalmente ao corpo da máquina. Nas máquinas de fluxo axial, o material trilhado segue ao longo do cilindro de trilha, montado longitudinalmente ao corpo da máquina, utilizando um rotor para separar os grãos. O mercado também oferece as colheitadeiras híbridas, que unem dois sistemas que já conhecidos. Esta tecnologia promete aumentar a produtividade da colheita em culturas que produzem grande quantidade de palha, como o arroz e o trigo, permitindo a colheita do dobro de grãos, no mesmo intervalo de tempo que as máquinas tradicionais. A aquisição do equipamento deve se ajustar, principalmente, o tipo de lavoura, observando se o maquinário escolhido vai se ajustar ao tamanho do terreno da colheita, qual seu consumo de combustível, a potência do motor e o peso do equipamento - colheitadeiras mais leves diminuem o problema da compactação do solo. Também é importante levar em consideração se a cabine tem uma boa visibilidade e, se possível, é climatizada, evitando paradas contínuas e possibilitando longas jornadas nas colheitas. Uma boa qualidade de iluminação externa permite o trabalho noturno. Quanto mais completo o painel de controle, melhor o monitoramento das funções do sistema da colheitadeira, evitando imprevistos. O nível de ruído na cabine é um item de conforto que precisa ser observado. Avaliar a potência do motor é de extrema importancia. Motores mais portentes operam com mais facilidade em terrenos com maiores inclinações e não ocasionam a perda de potência nas demais finções da máquina. Em geral, a operação do equipamento exige operadores capacitados. No entanto, os fabricantes dos modelos com tecnologia mais avançada vêm se preocupando em simplificar a instrução do manuseio das máquinas, produzindo colheitadeiras fáceis de operar, visando uma manobra mais fácil no final das linhas da lavoura, e que não demandam muito tempo de treinamento.